Princípio Yin Yang que regula o Universo

Princípio Yin Yang que regula o Universo

Todo o universo é regulado pelo princípio Yin Yang. Assim, é um dos primeiros conceitos que o iniciante em acupuntura deve buscar. Provavelmente, não irá entender em um primeiro momento, mas sim, com o refinamento do conhecimento, à medida que avançar nos estudos.

Como o Yin e o Yang são energias complementares, assim opostas e interdependentes.

No Brasil, além de ser aplicado na Medicina Tradicional Chinesa, o princípio taoista é estudado na academia. Por exemplo, na UFSC, na tese de doutoramento Direito e taoismo: elementos para compreensão do sistema jurídico à luz do princípio único universal.

A dança de energias, vale para a natureza, assim como, para os reinos animal e vegetal. E assim, no homem, quando em equilíbrio, há saúde.

Ciclos na natureza

  • Quando há escuridão, é o máximo do Yin;
  • a noite vai passando … caminhando para o alvorecer, o Yin já não é máximo, mas ainda é maior que o Yang;
  • no clarear do dia, o Yin continua enfraquecendo e já é menor que o Yang;
  • ao meio-dia, o Yang é máximo e o Yin mínimo;
  • começa a tarde, o Yang vai descendo e o Yin subindo;
  • suas energias se igualam no ocaso.
  • … e assim, os dias continuam em sua infinitude.
Laços de Família – Clarice Lispector

Princípio Universal em nós

A natureza da Mulher é Yin e a do Homem é Yang. Enquanto o Yin representa o feminino, a nutrição, e o masculino é a expansão que se alcança, quando alimentados.

Assim, somos compostos de energias da Terra e do Céu. Por exemplo, quando encolhemos, pensamos, intuímos e refletimos, exercemos nosso Yin; quando gritamos, brigamos, falamos, corremos, esbravejamos, é o Yang em ação. Enfim, a saúde e o bem estar é o equilíbrio desses opostos.

Clarice Lispector

Também há as expressões “é mais Yin” e é “é mais Yang“. Como “mais Yin“, podemos ver Clarice Lispector, que com seus fluxos de pensamentos produziu diversas obras intimistas; mas que em dado instante – um raio de Yang rompia – e o personagem ganhava novo ritmo.

Por exemplo, no conto Amor, da obra Laços de Família, a personagem Ana é uma dona de casa muito autocentrada que está no transporte público a caminho de casa. Mas, ela é tirada do eixo (raio Yang), quando olha cego mascando chicletes parado no ponto de ônibus.

Yin profundo que não teme o Yang: “Sim, minha força está na solidão. Não tenho medo nem de chuvas tempestivas nem das grandes ventanias soltas, pois eu também sou o escuro da noite. “. (Clarice Lispector)

O Yin “Eu antes era uma mulher que sabia distinguir as ciosas quando as via.” interrompido pelo Yang da razão “Mas agora cometi o erro grave de pensar.”. (Clarice Lispector)

O anoitecer representa o princípio Yin Yang. A energia Yang do dia vai se ponto, à medida que o Yin da noite surge.
Yin subindo e Yang descendo

Ciclo Anual

Também, o ciclo anual é representado pelas energias complementares.

Pois no verão o Yang é máximo.

Durante o outono o Yang declina e o Yin ascende, então, é o Yin dentro do Yang.

No inverno o Yin é máximo, e vai declinando para dar espaço ao crescimento do Yang, que é a primavera, assim, é o Yang dentro do Yin.

E assim, indefinidamente, segue o ciclo.

Sete correspondências das Energias

YinYang
Escuridão da noite sem LuaLuminosidade do Sol
Sombra das TrevasBrilho da Alegria
Descanso da NoiteAtividade do Dia
Picante da PimentaSalgado do Mar
Terra que NutreCéu Infinito
Espaço sem FimTempo que Acolhe
Oeste do PoenteLeste do Nascer

Na prática clínica, sedamos e tonificamos as energias, conforme o estado energético do paciente. Pois, quando há excesso de Yin, seda-se o Yin; quando o Yin está fraco, tonifica-se. Da mesma forma, para o Yang.

Portanto, a avaliação sobre as energias de um indivíduo pode ser feita a partir do pulso, dos sentimentos, da textura da pele, das preferências por calor ou frio, entre outros indicadores.

Estados Combatentes

A teoria Yin-Yang surgiu na China na época dos Estados Combatentes (476-221 a.C.), na Escola do Yin-Yang, cujo principal pensador foi Zou Yan (c. 350-270 a.c.). Assim, a teoria logo se incorporou à MTC e começou ser considerada nos diagnósticos.

O princípio feminino – Yin

A Água Yin
Água e Barco no Rio Douro

Yin, princípio feminino associado à noite, ao frio, ao ventral, à terra e a água, material, aos órgãos sólidos na teoria Zang Fu, ao recolhimento, timidez, quietude, lentidão, pois em conjunto, geram a forma.

É importante observar que o Yin não existe sem o Yang, pois são opostos e complementares.

Por exemplo: a palidez é e o rubor é energia do Céu, então a palidez absoluta como na morte é Yin, já sem Energia do Céu. Portanto, uma pessoa levemente pálida tem mais Yin e menos Céu.

Exemplos de Yin

  • água, frio, palidez, quietude, úmido, macio, inibição, lentidão …
  • órgãos sólidos: Pulmão (Fei), Baço (Pi), Coração (Xin), Rim (Shen), Fígado (Gan) e Pericárdio (Xin Bao).
Crista de Galo - flor vermelha que representa o Yang
Crista de Galo Yang

Princípio masculino – Yang

Yang – princípio masculino associado ao dia, calor, externo, acima, dorsal, imaterial, às vísceras ocas, expansão, rapidez, que produzem energia; portanto, quanto mais Yang, mais etéreo e com menos forma.

Portanto, as energias universais de calor e frio não existem individualmente, pois são complementares e opostas, coexistem, quando uma cresce a outra diminui.

Por exemplo, quanto mais agitado, mais Yang; a quietude é Yin, que são dois extremos. Se uma pessoa pode apresentar um estado de agitação que não é máximo, assim possui uma dose de Yin, que coexiste com o Yang.

A MTC considera que o Yang absoluto se transforma em Yin, então uma pessoa com agitação extrema pode ter uma movimento tão forte, que resulte, por hipótese num Acidente Vascular Cerebral (AVC), que resultará num estado inerte, ou seja, a Energia do Céu foi tão forte, que se transformou em Yin.

Exemplos de Yang

  • fogo, calor, rubor, agitação, seco, duro, excitação, rapidez …
  • vísceras ocas: Intestino Grosso (Dachang), Estômago (Wei), Intestino Delgado (Xiaochang), Bexiga (Pangguang), Vesícula Biliar (Dan) e Triplo Aquecedor (San Jiao).

Sobre o Autor

Maria Rita Hurpia

Maria Rita Hurpia author

Acupunturista, escritora e administradora de sites.

Deixe uma resposta