Elemento Água

Elemento Água

Elemento Água – Rim – Bexiga

Elemento Água

Elemento Água

Um dos Cinco Elementos, o Elemento Água simboliza o inverno e a morte para renascer. A Água é associada ao preto, ao salgado, ao estocar, ao planeta Mercúrio, ao órgão Rim, à víscera Bexiga, ao ouvido, aos ossos, ao medo e ao gemido. Equilibra o Fogo e é filha do Metal. Na clínica, quando um paciente manifesta ansiedade e medo associamos esses sentimentos ao elemento Água. Possivelmente há deficiência do Rim ou da Bexiga. A seguir, leis que relacionam os elementos.

O Elemento Água e a vida - lago do Recanto Ágape

A Água que reflete a manhã de julho em União da Vitória

Lei de Geração – A Água é a mãe da Madeira

  • Mãe forte –  excesso de Água sufoca a Madeira – medo e emoção em demasia diminuem a capacidade de realizações.
  • Mãe fraca – falta de Água, não regula a Madeira – há muitos inícios que não são terminados.
  • Mãe em equilíbrio – prudência, as tarefas são planejadas, executadas e finalizadas.



Lei da Dominância – A Água é a avó do Fogo

Como o Fogo alimenta todos os processos fisiológicos, ele mantém o ser vivo, garantindo o funcionamento do metabolismo. A Água, equilibra esse Fogo, umidificando-o com seus líquidos. Mas também, fogo fisiológico do Coração é nutrido pelo Fogo da Porta da VidaMing Men, que deriva do Rim direito.

  • Fogo alto com pouca Água provoca insônia, euforia, muitos pensamentos e secura no corpo,  que consome o Ming Men do Rim.
  • Água que não nutre o Fogo, e provoca umidade pelo corpo, resultando em metabolismo lento e causa estagnações, formando Fleuma.
  • Fogo e Água em equilíbrio, processos metabólicos em funcionamento, que resulta em saúde.

Lei da Contradominância ou de Afrontação são relações patológicas

  • O Coração afronta o Rim: o Fogo do Coração pode penetrar em descida no Rim, causando uma deficiência do Yin do Rim, por exemplo, causando tinido no ouvido.
  • O Rim afronta o Baço: se o Rim falhar ao transformar os fluidos, o Baço sofrerá e será obstruído pela Umidade, por exemplo reumatismo.



Ming Men – Fogo da Porta da Vida

Ming Men, Calor da Porta da Vida ou Fogo Ministro é a força motriz do Rim que vem do Qi Original. É a energia que recebemos da ancestralidade, ou seja, nossa herança pré-celestial. É a faísca que inicia todas as reações fisiológicas no corpo. É a vela que fica acesa durante a vida corpórea.

Teoricamente o Ming Men não pode ser realimentado, por se tratar de uma essência pré-celestial, então não devemos as usar em excesso, com, por exemplo, em preocupações desnecessárias. Contudo, há escritos que defendem que o Ming Men pode ser tonificado com meditação, exercícios de  Chi Kung ou com acupuntura. Para esta tonificação, temos o ponto chamado MingMen, Vaso Governador 4 (Du Mai) – VG4, que poderá ser aplicado em idosos, por exemplo, com moxabustão ou com a energia emanada das mãos do terapeuta. Esse ponto de emanação de energia é sentido entre os pontos C8 e PC8.

C8 – oitavo ponto do Meridiano do Coração

PC8 – oitavo ponto do Meridiano do Pericárdio

Observação: Os efeitos de práticas com técnicas de imposição de mãos – como o Reiki – já são estudados em instituições renomadas, como na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), com a pesquisa Efeitos da prática do Reiki sobre aspectos psicofisiológicos e de qualidade de vida de idosos com sintomas de estresse: estudo placebo e randomizado.

Sobre o Autor

Maria Rita Hurpia

Maria Rita Hurpia author

Acupunturista, escritora e administradora de sites.