Energia Qi

Energia Qi

Qi – energia primordial rege e nutre o indivíduo e a natureza. Conceito, que não é explicado pela ciência ocidental. Esta noção de Energia surgiu na dinastia Song, período influenciado pelo Neoconfucionismo, entre os anos de 960 e 1264, da era cristã.

Sentido de Qi

Seu sentido – o que é Qi? – é amplamente discutido, pois varia entre a imaterialidade (vapor) e a materialidade (arroz), que assim,  formam as Substâncias Vitais: Essência, Sangue, Fluídos Corpóreos e Mente. Dado a sua amplitude e importância, a expressão é bastante usada na literatura da Medicina Tradicional Chinesa (MTC).

Por do sol em Santa Catarina emanando Qi

Não há uma tradução exata para Qi

Encontra-se na literatura, como: energia, força material, matéria, éter, matéria-energia, força vital, força da vida, poder vital e poder de mover.

Com tais variações, também surgem inúmeros tipos de Qi: o ancestral, o de cada órgão, etc. Portanto, Qi também é a informação que os órgãos trocam entre si, com o objetivo de sincronizarem seus funcionamentos. Por exemplo, a energia do Estômago estimula o funcionamento do Intestino Delgado. E, este estímulo e passado via o Qi do Estômago que flui para o Intestino Delgado.

Entretanto, há apenas um tipo de Qi, que se manifesta de diversas formas no homem:

  • Nutritivo – YingQi – função de nutrição
  • Defensivo – WeiQi – protetor do corpo
  • Unificador – ZongQi – localizado no tórax, nutre o Coração e o Pulmão
  • Original – YuanQi – localizado no Aquecedor Inferior e nutre os Rins

Outro sentido para a expressão é a ação de um órgão em alimentar outro.

Por exemplo, o Rim fornece essa energia, quando envia o filtrado do sangue à Bexiga, para que esta execute suas funções de eliminação de líquidos. Ou seja, o poder vital do Rim estimulando a Bexiga, a executar suas funções.

E assim, nesse circular pelos diversos Meridianos de Energia, o Qi vai alimentando os diversos órgãos. Porém, este alimentar poderá ser excessivo, insuficiente ou nulo, criando um desequilíbrio. Portanto, cabe ao terapeuta, o identificar o excesso ou a pouca nutrição para proceder com as ações de tonificação e/ ou sedação.

Tonificação e Sedação

Tonificação é o nutrir melhor, fazendo a órgão absorver a Energia ou sugerir que o paciente, tenha um comportamento nutricional saudável – metaforizada no Arroz.

Sedação é abrir os caminhos, para que a Energia circule, dissolvendo o excesso em partes do corpo. Por exemplo, estimulando o bom funcionar dos intestinos, que diminui o estresse e promove Bem Estar.

Quando essa energia se materializa (arroz), então forma o Xue (sangue) que flui pelo nosso corpo, nos nutrindo e nos defendendo. O Qi também forma os fluídos corpóreos, como a linfa.

Como está o seu Qi?

Leia a resposta de Dra. Lilian no artigo Como está o seu Qi.

like do facebook Dra Lilian

Sobre o Autor

Maria Rita Hurpia

Maria Rita Hurpia author

Acupunturista, escritora e administradora de sites.

Deixe uma resposta