Imperador Amarelo

Imperador Amarelo

Imperador Amarelo – princípios da Medicina Interna é um livro obrigatório na estante dos estudiosos de Medicina Tradicional Chinesa, pois na forma de diálogos em uma leitura fluida podemos aprender sobre: preservação de Energia Saudável, Pulso, Doze Vísceras, Doenças, etc.

Princípios da Medicina Interna

Princípios de Medicina Interna do Imperador Amarelo
Imperador Amarelo

O livro Princípios da Medicina Interna do Imperador Amarelo tem como autor comprovado Bing Wang (Dinastia Tang). E é dividido em duas partes:
Su Wen – Questões simples – composto por 81 capítulos;
Ling Shu – Eixo Espiritual – também, com 81 capítulos.

Tradução: José Ricardo Amaral de Souza Cruz
Revisor técnico: Dr. Oliver-Michel Niepceron Editora Ícone, 2013

Imperador e Qibo

Os ensinamentos do livro consistem em conversações entre o Imperador Amarelo e seu ministro – mestre Taoísta Qibo. Além de Qibo, o Imperador também dialoga com Lei Gong – versado em ciências médicas, além de profundo conhecedor de acupuntura e moxabustão.

A presente versão foi compilada por Bing Wang após extensos estudos e organização dos capítulos perdidos em diversas mãos.

Su Wen – Questões simples do Imperador Amarelo

Capítulo 1 – Shanggu Tianzhen Lun – Sobre a Preservação da Energia Saudável nos Humanos nos Tempos Antigos

Qibo compara o modo de vida dos tempos antigos, quando as pessoas podiam viver mais de 100 anos com saúde, pois respeitavam os ensinamentos dos sábios, sobre como preservar a saúde. Assim, agiam conforme a natureza, respeitando o princípio Yin e Yang.

Explica que nos tempos atuais – época em que o Imperador Amarelo foi compilado – as pessoas não conseguiam manter a saúde e tornavam-se decrépitas aos 50 anos de idade, porque não têm um padrão regular de comida, bebidas e atividades.

Capítulo 81 – Jie Jing Wei Lun – Interpretação da Razão Sutil de Verter Lágrimas

Lei Gong pergunta ao Imperador AmareloQuando Alguém chora, saem tanto lágrimas quanto muco nasal: Qual a razão?“. Em resposta, é explicado que essa pergunta não irá ajudar no tratamento, mesmo assim, deverá ser conhecida pelos médicos. A resposta é estruturada na vontade dos Rim, na melancolia do Coração e no muco nasal que pertence ao cérebro, assim como, na tristeza que afetará o Yin.

Frutas que tonificam o Canal de Energia do Pulmão.
Figo branco maduro e saboroso

Ling Shu – Eixo Espiritual

Capítulo 1 – Jiu Zhen Shi Er Yuan – Os Nove Tipos de Agulha e os Doze Pontos Fonte

O Imperador Amarelo deseja que os clássicos da acupuntura não se percam. Então, deverá ser construída uma estátua que defina os critérios de agulhamento, como tamanho da agulha e profundidade de inserção; que sejam distinguidos os pontos dos órgãos sólidos e ocos.

Descreve os diversos tipos de agulhas, quando se deve usar cada uma, conforme as condições do paciente. Completa a explanação, sobre as formas de picar, além de explicar sobre a sedação que usamos na clínica: “Quando se pica durante a febre, a mão deverá ficar como que mergulhada na sopa quente, a agulha deverá ser retirada imediatamente após o picar; …“. Relata também, em que condições os pontos Yuan (fonte) deverão ser usados.

Capítulo 81 – Yong Ju – Sobre o Carbúnculo e o Carbúnculo de Raiz Profunda

Carbúnculo é uma estagnação que virou Fleuma, causada principalmente por Calor. Hoje, a expressão carbúnculo é usada principalmente na literatura veterinária, para infecções bacterianas.

No capítulo 81, Qibo expõe sobre os diversos tipos de Carbúnculo, em quais lugares do corpo podem se formar, se têm cura ou se a pessoa morrerá e em quanto tempo, aproximadamente. Os de Raiz Profunda são aqueles que se espalham pelos canais, ou seja infecções ou tumores que se propagam pelo corpo.

Sobre o Autor

Maria Rita Hurpia

Maria Rita Hurpia author

Acupunturista, escritora e administradora de sites.

2 Comentários até agora

Avatar

Curso De AuriculoterapiaPostado em9:06 pm - jul 11, 2020

Aqui é a Fernanda parabéns pelo conteúdo do seu site gostei muito deste artigo, tem muita qualidade vou acompanhar o seus artigos.

Avatar

Maria RitaPostado em10:51 pm - jul 19, 2020

Obrigada Fernanda. Comentários como o seu me inspira a escrever mais. Fique bem.

Deixe uma resposta